Passos para uma cadeia de suprimentos digital: Segundo estudos da Gartner

Em um mundo cada vez mais digital, a transformação da cadeia de suprimentos não é mais uma opção, mas uma necessidade.

De acordo com a pesquisa da Gartner, 93% das empresas desejam uma cadeia de suprimentos digital. No entanto, muitas delas ainda estão confusas sobre como iniciar e obter benefícios incrementais rápidos de um gêmeo digital da cadeia de suprimentos (Digital Supply Chain Twin – DSCT). Este artigo traz um resumo dos insights do estudo da Gartner, fornecendo uma abordagem gradual para adquirir e amadurecer um DSCT, tornando o processo mais palpável para os gestores.

Entendendo o Gêmeo Digital da Cadeia de Suprimentos (DSCT)

Um DSCT é uma representação digital da cadeia de suprimentos física. Ele permite que as empresas usem dados de vários sistemas de origem para criar uma representação digital realista da cadeia de suprimentos física. Esta representação é então usada através de análises preditivas e prescritivas para permitir a tomada de decisões alinhadas em toda a cadeia de suprimentos.

Iniciando a Jornada do DSCT

O estudo da Gartner mostra que as empresas tipicamente iniciam a jornada do DSCT por quatro fontes distintas:

  1. soluções de projeto/modelagem da cadeia de suprimentos;
  2. soluções de planejamento da cadeia de suprimentos (ex: S&OP/IBP);
  3. soluções de torre de controle (ferramentas de visibilidade da cadeia de suprimentos)
  4. centros de comando

O planejamento integrado da cadeia de suprimentos busca otimizar todas as atividades desde a obtenção de matérias-primas até a entrega do produto final. As torres de controle, por outro lado, fornecem visibilidade em tempo quase real de todas as atividades da cadeia de suprimentos, sendo essenciais para monitorar o desempenho e identificar problemas.

A seguir listamos as quatro sugestões que a Gartner dá aos líderes da cadeia de suprimentos:

1 – Busque um gêmeo digital único da cadeia de suprimentos

Independentemente de onde a jornada se inicia, é essencial que, em algum momento, as várias representações digitais convirjam para um único modelo, o DSCT. Para que isso ocorra, o planejamento é essencial e a evolução deve ser gradual, passando pelos quatro estágios mencionados acima.

 2 – Acelere a jornada para o DSCT aproveitando as soluções existentes

O estudo revelou que a maior parte das empresas inicia a digitalização da cadeia de suprimentos pelas soluções de planejamento e pelas soluções de torre de controle. Sendo assim, é possível aproveitar o planejamento existente e alimentar o DSCT, ainda incipiente, com informações já disponíveis em suas torres de controle existentes em tempo quase real. Assim, permite-se uma representação digital mais precisa da cadeia de suprimentos.

LEIA TAMBÉM:   Case Mueller Fogões: Inovação e Qualidade na Indústria de Eletrodomésticos com o Opcenter APS

3 – Melhore a Qualidade das Decisões de Planejamento Tático

O planejamento tático pode ser aprimorado pela implementação de uma solução de centro de comando.

Em um nível superior — estratégico — temos o planejamento da cadeia de suprimentos que por muitas vezes já é refinado periodicamente a partir das informações operacionais.  Estas, por sua vez, são coletadas através de uma ou mais soluções de torre de controle. Com uma abordagem voltada para problemas de departamentos específicos, essas torres de controle estão geralmente desconectadas entre si. Surge, então, a necessidade de um elemento integrador para agregar as informações operacionais das torres de controle e viabilizar o planejamento tático. Este elemento é o centro de comando.

Portanto, é possível melhorar a qualidade das decisões de planejamento tático buscando melhorias dos resultados de curto prazo ao usar torres de controle. Em seguida, recomenda-se criar centros de comando conectando essas diferentes soluções funcionais.

4 – Conecte as soluções para obter um gêmeo digital de ponta a ponta

Com as torres de controle conectadas por meio de um centro de comando, o próximo passo é uni-las com a solução de planejamento da cadeia de suprimentos em uma única representação digital.

Por fim, integre soluções de projeto/modelagem da cadeia de suprimentos. Assim, as realidades do mundo real (incerteza, volatilidade, etc.) podem ser incorporadas nas decisões para apoiar iniciativas de mitigação de risco e resiliência em relação à cadeia de suprimentos. Como a mesma representação digital está sendo usada para todas as camadas de tomada de decisão de planejamento, a empresa terá a capacidade de alinhar as diferentes decisões e maximizar o valor obtido.

O Papel da APS3 na Transformação Digital da Cadeia de Suprimentos

Se você está se perguntando “Como posso aplicar essas etapas na minha empresa?”, a APS3 é a resposta. Como parceiro na transformação digital da cadeia de suprimentos, a APS3 pode ajudá-lo a navegar pelas complexidades da digitalização da cadeia de suprimentos e garantir que você obtenha o máximo valor de suas iniciativas digitais.

LEIA TAMBÉM:   O que é ISA-95 e em que camada está o APS?

É importante destacar que o Opcenter APS contribui amplamente para o sucesso da estratégia da torre de controle, uma das formas citadas como início do DSCT. O Opcenter APS suporta cada um dos três pilares principais da torre de controle, que são resumidos como a capacidade de tomar decisões baseadas em dados usando avaliação de cenários rápida e regular. Para mais detalhes sobre isso, convidamos você a ler nosso ebook  Planejamento da Produção em uma Cadeia de Suprimentos Complexa e o artigo correspondente em nosso blog.

A transformação digital da cadeia de suprimentos é uma jornada, não um destino. É um processo contínuo de aprendizado e adaptação à medida que novas tecnologias e abordagens se tornam disponíveis. A APS3 está aqui para ajudá-lo nessa jornada, fornecendo o suporte e a orientação de que você precisa para aproveitar ao máximo suas iniciativas digitais.

Convidamos você a visitar o site da APS3 para saber mais sobre como podemos ajudá-lo em sua jornada de transformação digital.

Juntos, podemos tornar o processo de digitalização mais palpável e alcançar resultados tangíveis que impulsionam o sucesso do seu negócio.

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print

A INDÚSTRIA DIGITAL

CONSTRUINDO O AMANHÃ, HOJE

23 de maio, 2024 CURITIBA/PR