Desmistificando o Planejamento Avançado e Programação (APS)

No mundo empresarial contemporâneo, a eficiência e a agilidade nas operações de produção são mais do que objetivos; são necessidades vitais.

Neste contexto, o planejamento e sequenciamento avançados (APS) surge como uma solução promissora, embora frequentemente mal compreendida. Este artigo visa desmistificar o APS, abordando os mitos comuns e demonstrando, por meio de exemplos práticos, como ele pode ser um aliado poderoso para empresas de diversos portes e segmentos.

Mitos e Realidades do APS

Mito 1: “Exclusivo para grandes empresas”

A crença de que o APS é uma ferramenta exclusiva para grandes corporações é um dos mitos mais persistentes. No entanto, a realidade é bem diferente. Empresas de médio e pequeno porte também podem se beneficiar enormemente do APS.

CASE APS3: Cliente do ramo metal-mecânico, que após um ano de implementação do APS, conseguiu reduzir seu estoque de matéria-prima de 30 para 19 dias de cobertura e eliminar completamente os custos com fretes aéreos, economizando R$160 mil por mês. Este caso ilustra como o APS pode ser adaptado e benéfico mesmo para negócios de menor escala.

Mito 2: “Complexidade excessiva na implementação”

Outro equívoco comum é a suposta complexidade na implementação do APS. Embora seja uma ferramenta avançada, sua implementação e uso podem ser adaptados às necessidades e capacidades de cada empresa.

CASE APS3: Um cliente de médio porte do ramo eletromecânico, em apenas quatro meses após a implementação do APS, observou um aumento na eficiência da mão de obra de 76% para 88%, redução de R$400 mil em WIP (Work in Process) e melhoria no OTIF (On-Time In-Full) de 58% para 98%. Esses resultados demonstram que, com a estratégia correta, o APS pode ser implementado com sucesso e trazer resultados significativos em um curto período.

Mito 3: “Apenas benefícios operacionais”

Muitos acreditam que o APS oferece apenas benefícios operacionais, mas sua influência vai além. O APS também pode trazer melhorias estratégicas, como a otimização da cadeia de suprimentos e aprimoramento na tomada de decisões.

CASE APS3: Um cliente do ramo de componentes químicos reduziu o tempo de programação de (3 mil ordens de produção) de 78 horas para apenas 35 minutos, demonstrando como o APS pode impactar estrategicamente a gestão de operações.

Mito 4: “Resultados demoram a aparecer

Outra concepção errônea é que os resultados do APS demoram a ser percebidos. Na realidade, muitas empresas observam melhorias significativas em um período relativamente curto.

CASE APS3: Um cliente do ramo automotivo, por exemplo, conseguiu uma redução de 20% na quantidade de setups em apenas um ano após o início do projeto do APS, evidenciando a rapidez com que os resultados positivos podem surgir.

LEIA TAMBÉM:   Minha empresa é pequena demais para um APS?

Mito 5: “Alto custo e baixo retorno sobre investimento

Finalmente, existe a ideia de que o APS é um investimento de alto custo com baixo retorno. No entanto, os casos práticos mostram o contrário.

CASE APS3: Um cliente do ramo eletrônico, conseguiu uma redução de 75% nos materiais em processo e melhorou seu OTIF de 65% para 93%, demonstrando um retorno significativo sobre o investimento feito no APS.

Esclarecendo dúvidas frequentes sobre o Planejamento Avançado e Programação (APS)

1. Quão flexível é o APS em relação às mudanças no mercado?

O APS é notavelmente flexível e adaptável, não deixando a sua fábrica “engessada”.  Ele permite que as empresas reajam rapidamente a mudanças no mercado, ajustando seus planos de produção e cadeias de suprimentos em tempo real. Isso é crucial em um ambiente de negócios que está sempre evoluindo.

2. O APS pode integrar-se com outros sistemas empresariais?

Sim, uma das grandes vantagens do APS é sua capacidade de integração com outros sistemas empresariais, como ERP (Enterprise Resource Planning) e MES (Manufacturing Execution System). Essa integração proporciona uma visão mais holística e coordenada das operações de negócios.

3. O APS requer muitos recursos para manutenção?

Ao longo da etapa de implementação, será feita a parametrização dos processos, adaptados às regras de negócio. Uma vez terminada essa parametrização e validação na fábrica o projeto se encerra (também conhecido como Go Live).

A partir daqui, existe a utilização do sistema de forma autônoma, pois todos os treinamentos foram já realizados. E, caso haja alguma alteração na fábrica ou na interpretação dos dados, temos o suporte para mantê-los sempre atualizados. Tudo isso busca reduzir a carga de trabalho do PPCP e da equipe de TI, atingindo resultados muito maiores!

4. Como o APS impacta o ROI (Retorno sobre Investimento)?

O APS pode ter um impacto significativo no ROI. Ao melhorar a eficiência, reduzir desperdícios e otimizar a cadeia de suprimentos, o APS ajuda as empresas a economizar custos e aumentar a lucratividade, ainda na etapa de projeto! Por exemplo, uma empresa do ramo metalmecânico conseguiu reduzir seu estoque de produto acabado em 30%, diminuir o estoque em processo em 60% e reduzir o tempo de sequenciamento (de 90 mil operações) de 3 dias para apenas 3 horas. Tudo isso reflete diretamente em um ROI rápido e facilmente mensurável.

5. O APS é complexo e difícil de utilizar?

Embora o APS seja uma ferramenta sofisticada, muitos sistemas são projetados com interfaces de usuário intuitivas. Além disso, fornecedores de APS frequentemente oferecem treinamento e suporte para garantir que os funcionários possam utilizar o sistema eficientemente. Convidamos você a visitar essa sequência de vídeos que mostra como é fácil utilizá-lo, clique aqui e confira.

LEIA TAMBÉM:   Quando Processos Automatizados Realmente Desaceleram a Produção

6. O APS pode ser personalizado para necessidades específicas?

Sim, um dos pontos fortes do APS é sua capacidade de personalização. Ele pode ser configurado para atender às necessidades específicas de uma empresa, garantindo que todos os aspectos do planejamento e programação sejam otimizados para as operações específicas daquela organização. Sejam elas a gestão de ferramentas utilizadas em processo, calendários das máquinas, gestão da mão de obra, visibilidade de entrega, gestão da matéria-prima, e muitas outras alternativas adaptadas à sua realidade.

Descubra as Vantagens do Siemens Opcenter APS com a APS3

Siemens Opcenter APS se apresenta como uma solução inovadora e flexível no campo do Planejamento Avançado e Programação (APS), atendendo às necessidades de empresas de variados portes e segmentos. Com a implementação realizada pela APS3, este sistema vai além de desfazer os mitos comuns sobre o APS, proporcionando melhorias concretas e efetivas nas operações de produção.

A APS3 convida você a conhecer de perto o Siemens Opcenter APS. Oferecemos um período de teste gratuito de 30 dias, uma chance imperdível para experimentar os benefícios desta ferramenta avançada.

Para mais detalhes, visite o site da APS3 e comece a transformar a gestão de produção da sua empresa. Aproveite esta oportunidade para ver como o Siemens Opcenter APS, nas mãos experientes da APS3, pode ser um divisor de águas no sucesso do seu negócio.

Gostou do nosso post? Compartilhe em suas redes sociais!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp
Telegram
Email
Print

A INDÚSTRIA DIGITAL

CONSTRUINDO O AMANHÃ, HOJE

23 de maio, 2024 CURITIBA/PR